Santa Maria

Santa Maria

Barreiro Faneca_Santa_Maria_Page

Para além do mar muito há a explorar
A envolvência e riqueza natural desta pequena ilha, em pleno Oceano Atlântico, convida-nos à descoberta da natureza, deixando o rebuliço dos tempos modernos para lá da linha do horizonte.

A Ilha de Santa Maria é a mais antiga dos Açores e a primeira que foi descoberta e posteriormente povoada (Séc.XV), por Portugueses oriundos do Algarve e Baixo Alentejo.

Por aqui passou Cristóvão Colombo, no regresso da sua primeira viagem à América, facto que está assinalado no lugar dos Anjos.

O contraste paisagístico é um dos seus grandes encantos. Pode-se dizer que a ilha se divide em duas zonas distintas. Uma que se estende de Sul a Oeste, plana e solarenga, apresentando uma vegetação rasteira e outra a Norte e Nordeste, montanhosa, com vegetação abundante e verdejante.

A sua costa é muito recortada, formando baías e pequenas enseadas que dão lugar a praias bastante agradáveis, sendo as mais famosas a Baía de São Lourenço e da Praia Formosa que tem a particularidade de serem as únicas de areia branca nos Açores.

Um dos grandes contributos para a riqueza do património natural de Santa Maria são os seus aspetos geológicos e geomorfológicos. É a única ilha nos Açores que possui jazidas de fósseis marinhos – Pedreira do Campo, Grutas do Figueiral, Cré e “Pedra que Pica”; locais de visita obrigatória.

Toda a riqueza e diversidade da Ilha de Santa Maria, está na posse de muitas singularidades.

Parta à sua descoberta, vai ficar surpreendido!